A estrutura de suporte das telhas!

ESTRUTURAS DE MADEIRA

A armação é a parte estrutural, constituída pelas tesouras, cantoneiras, escoras, etc… e a trama é o quadriculado constituído de terças, caibros e ripas, que se apoiam sobre a armação e por sua vez servem de apoio às telhas.

Madeiras mais utilizadas em estruturas:

Podemos utilizar todas as madeiras de lei para a estrutura de telhado, no entanto a peroba tem sido a madeira mais utilizada.

Algumas espécies de madeiras indicadas para a estrutura de telhado (IPT)

A
B
C
amendoim
canafístula
guarucaia
jequitibá branco
laranjeira
peroba rosa
angelim
cabriúva parda
cabriúva vermelha
caovi
coração de negro
cupiuba
faveiro
garapa
guapeva
louro pardo
mandigau
pau cepilho
pau marfim
sucupira amarela
anjico preto
guaratã
taiuva

As madeiras da Tabela acima estão divididas em grupos segundo as suas características mecânicas.
A cabreúva vermelha, coração de negro, faveiro, anjico preto, guaratã e taiuva têm alta dureza, portanto devemos ter cuidado ao manuseá-las.

As madeiras serradas das toras já são padronizadas em bitolas comerciais. No entanto, existem casos onde o dimensionamento das peças exigem peças maiores ou diferentes, assim sendo deve-se partir para seções compostas.

 – vigas: 6 x 12cm ou 6 x 16cm, comprimento 2,5; 3,0; 3,5; 4,0; 4,5; 5,0m

– caibros: 5 x 6cm ou 5 x 7 (6 x 8)cm, comprimento 2,5; 3,0; 3,5; 4,0; 4,5; 5,0m

– ripas: 1,0 x 5,0cm; geralmente com 4,50m de comprimento e são vendidas por dúzia.

Obs. Para bitolas diferentes ou comprimentos maiores, o preço da peça aumenta.

Peças metálicas

As peças metálicas utilizadas em estruturas de telhado são os pregos, os parafusos, chapas de aço para os estribos e presilhas.

Os pregos mais utilizados são:

– 22 x 42 ou 22 x 48 – para pregar as vigas

– 22 x 42 ou 19 x 39 – para pregar os caibros

– 15 x 15 – para pregar as ripas.

Elementos e terminologia das madeiras usadas!

Nem sempre temos o conhecimento ou a intimidade com material de construção.
Em se tratando de uma parte FUNDAMENTAL da cobertura de um imovel, é muito importante tanto na compra da madeira como em sua aplicação pratica, saber-mos os nomes corretos dados a cada parte da estrutura que suportará as telhas.

Para um bom entendimento e comunicação com o pessoal na obra aqui estão os nomes das peças que compõem um telhado:

As tesouras são muito eficientes para vencer vãos sem apoio intermediários . São estruturas planas verticais que recebem cargas paralelamente ao seu plano, transmitindo-as aos seus apoios.

Geralmente são compostas por:

– Frechal: Peça colocada sobre a parede e sob a tesoura, para distribuir a carga do telhado.(6)

– Perna: Peças de sustentação da terça, indo do ponto de apoio da tesoura do telhado ao cume, geralmente trabalham à compressão.(8)

– Linha: Peça que corre ao longo da parte inferior de tesoura e vai de apoio a apoio, geralmente trabalham à tração.(9)

– Estribo: São ferragens que garantem a união entre as peças das tesouras.
Podem trabalhar à tração ou cisalhamento.(13)

– Pendural e tirante: Peças que ligam a linha à perna e se encontram em posição perpendicular ao plano da linha. (10)
Denomina-se pendural quando a sua posição é no cume, e nos demais tirante.
Geralmente trabalham à tração.

– Asna e escoras: São peças de ligação entre a linha e a perna, encontram-se, geralmente, em posição oblíqua ao plano da linha, denomina-se asna a que sai do pé do pendural.(11)

Detalhes de ligações dos elementos – sambladuras e entalhes:

São tipos de ligações práticas entre duas peças de madeiras definidas após verificação das resistências das superfícies de contato ao esmagamento e, às vezes, ao cisalhamento de um segmento da peça (caso específico dos nós extremos da tesoura).